• Redação

Rafael Cortez volta aos palcos de São Paulo com três projetos diferentes

Rafael Cortez está de volta aos palcos depois de sete meses de quarentena. A volta acontece em dois teatros tradicionais de São Paulo. No dia 20 de novembro, sexta-feira, o comediante é um dos convidados do Festival de Humor do Teatro Procópio Ferreira e apresenta o recém-montado espetáculo “Antivírus – O Show”. E por três sábados, Cortez sobe ao palco do Teatro Vira da Lata, com três solos diferentes: Dia 21 de novembro, apresenta o show Voz e Violão; dia 05 de dezembro, o stand-up “O Problema não é Você, Sou Eu” e dia 12 é a vez do stand-up “Antivírus – O Show”.


Todas as apresentações serão com plateia reduzida. A renda dos espetáculos no Vira da Lata será revertida para o teatro, em parceria para o incentivo à volta aos espaços culturais.


“Antivírus – O Show” é o primeiro stand-up no Brasil a abordar somente aspectos curiosos e divertidos da Quarentena. Ele nasceu durante o período de isolamento e era apresentado e testado todo domingo em suas redes sociais.


O show “Voz e Violão” é um trabalho integralmente voltado para a música brasileira. Durante a apresentação, Rafael toca peças instrumentais para violão, próprias e de outros compositores, intercalando com canções de MPB pessoais, compostas para o projeto “MPB – Naquele Tempo”, lançado pela Sony Music, em 2019, e de nomes como Tom Jobim e Caetano Veloso.


Já o stand-up “O Problema Não É Você, Sou Eu”, que foi realizado de 2015 a março de 2020 terá uma única edição revival. Durante o show, com texto de Rafael e Afonso Padilha, os temas como namoro, casamento, traição, sexo, virgindade, diversidade de casais, solteirice e separação são os temas principais das piadas.