• Redação

9ª Prova Vinhos do Brasil surpreende mais uma vez

A partir de 2020, variedades passam a integrar a maior prova às cegas de vinhos brasileiros disponíveis no mercado, assim como o espumante tinto. Prazo para as amostras chegarem ao Rio de Janeiro segue até o dia 09 de outubro


A partir de 2020, a Grande Prova Vinhos do Brasil passa a incluir em suas 45 categorias os vinhos orgânicos, biodinâmicos e naturais, reunindo as opções tintos, brancos e espumantes. A iniciativa mostra que a maior prova às cegas de vinhos brasileiros disponíveis no mercado, iniciada em 2012, está constantemente atenta aos movimentos do setor vitivinícola nacional e na vanguarda: em 2016 incluiu os sucos de uva na prova às cegas e em 2019 foi a vez do Bag In Box entrar na disputa.


O cultivo de vinhos orgânicos, biodinâmicos e naturais prega conceitos de uma agricultura sustentável, apenas o manejo por meio de produtos naturais, sem o uso de pesticidas.


O presidente do júri, Marcelo Copello, exalta que a maior e mais respeitada prova às cegas de vinhos disponíveis no mercado nacional, inclui, de forma inédita quatro novas categorias.


“As empresas vinícolas que já produzem esses vinhos e o espumante tinto terão a oportunidade, nesta 9ª GPVB, de participar, portanto, podem realizar a inscrição, de forma gratuita. As amostras precisam ser recebidas até o dia 09 de outubro”, observa.

Interessados em participar podem solicitar a ficha de inscrição pelo gpvb@bacomultimidia.com.br .


A cada edição, o certame comprova sua influência por meio do aumento exponencial de amostras: em 2012 recebeu 284 amostras de vinhos de 46 vinícolas, atingindo em 2019 seu o recorde absoluto de 1072 amostras, com números auditados, sendo 1034 vinhos e 38 sucos de uva, de 122 vinícolas.


Sergio Queiroz, jurado e sócio-diretor do Grupo BACO, observa que a GPVB tem sido vanguardista em uma série de aspectos no quesito de avaliação de vinhos brasileiros no mercado. “Em 2016, iniciamos a avaliação de vinhos bag in box, nunca antes realizada no Brasil, assim como também aceitamos os vinhos em lata, produto que tem sido muito bem aceito pelo consumidor. Dessa forma, além de validarmos produtos que estão no mercado, apresentamos a diversidade nacional oriunda da uva”, completa.

0 comentário

© 2020 por Portal Conectare. Orgulhosamente criado com Wix.com